Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

VALÔNIA DESMENTE INFORMAÇÃO DE VEREADOR QUE OS ÔNIBUS VOLTARIAM A CIRCULAR NA ZONA RURAL - Rádio Itajubá

Fale conosco via Whatsapp: +55 35 99120-4002

No comando: Misturadão

Das às

No comando: Super Show da Manhã

Das 6:00 às 12:00

No comando: Paradão Sertanejo com Luiz Bacana

Das 7:00 às 8:00

No comando: Revista da Manhã

Das 8:00 às 10:00

No comando: Brasileiraço

Das 00:00 às 01:00

No comando: Santa Missa Soledade

Das 07:00 às 07:50

No comando: Itajubá em Pauta

Das 10:00 às 11:00

No comando: Cantinho Sertanejo com Rosano

Das 10:00 às 12:00

No comando: Espaço Livre com a jornalista Elaine Romão

Das 11:00 às 12:00

No comando: A Voz da Verdade

Das 12:00 às 13:00

No comando: Show de Bola com Fabrício da Farmácia

Das 12:00 às 13:00

No comando: Deus é Fiel

Das 13:00 às 15:00

No comando: Calado Show

Das 13:00 às 15:00

No comando: A Verdade Liberta

Das 15:00 às 17:00

No comando: Chrame

Das 15:00 às 17:00

No comando: Unidos Pela Fé

Das 17:00 às 18:30

No comando: Programa Pé na Roça

Das 17:00 às 19:00

No comando: A Voz da Libertação

Das 20:00 às 20:30

No comando: FLASH BACK INTERNACIONAL

Das 20:30 às 21:00

No comando: Raridades

Das 22:00 às 23: 00

No comando: Romance

Das 23:00 às 00:00

VALÔNIA DESMENTE INFORMAÇÃO DE VEREADOR QUE OS ÔNIBUS VOLTARIAM A CIRCULAR NA ZONA RURAL

A expresso Valônia informou ser mentira a informação divulgada pelo vereador Vladimir Bananeiro, que os ônibus iriam voltar a circular de forma integral na zona rural de Itajubá. A divulgação foi feita na rede social do parlamentar e vários ouvintes entraram em contato com a Rádio Itajubá, para perguntar se a divulgação era verdadeira.
Sem citar uma data específica, o vereador, que é candidato a reeleição, afirmou que os ônibus voltariam a circular a qualquer momento. Entretanto, a reportagem da Rádio Itajubá entrou em contato com o gerente da empresa, Romeu fiúza. Ele esclareceu que a informação não procede. Segundo Fiúza,“ a valônia está seguindo fidedignamente o Decreto Municipal que prevê a quantidade mínima de ônibus nas ruas, inclusive, com 5% a mais do que determina o documento”, explica.
O gerente informou ainda que a empresa está com complicações financeiras devido à pandemia de covid-19. Ele disse que a Valônia segue rígido protocolo de higienização dos ônibus, e, até o momento, nenhum funcionário testou positivo par a doença.

Deixe seu comentário: