Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

MICRORREGIÃO DE ITAJUBÁ REGISTRA AUMENTO DE 15% NOS CASOS DE SÍFILIS - Rádio Itajubá

Fale conosco via Whatsapp: +55 35 99120-4002

No comando: Misturadão

Das às

No comando: Super Show da Manhã

Das 6:00 às 12:00

No comando: Paradão Sertanejo com Luiz Bacana

Das 7:00 às 8:00

No comando: Revista da Manhã

Das 8:00 às 10:00

No comando: Brasileiraço

Das 00:00 às 01:00

No comando: Violada Sertaneja

Das 05:00 às 6:00

No comando: Santa Missa Soledade

Das 07:00 às 07:50

No comando: Expresso Dr. Bob

Das 10:00 às 11:00

No comando: Cantinho Sertanejo com Rosano

Das 10:00 às 12:00

No comando: Espaço Livre com a jornalista Elaine Romão

Das 11:00 às 12:00

No comando: A Voz da Verdade

Das 12:00 às 13:00

No comando: Ideias Positivas

Das 12:00 às 13:00

No comando: Show de Bola com Fabrício da Farmácia

Das 12:00 às 13:00

No comando: Boa Prosa

Das 12:00 às 13:00

No comando: Deus é Fiel

Das 13:00 às 15:00

No comando: Calado Show

Das 13:00 às 15:00

No comando: A Verdade Liberta

Das 15:00 às 17:00

No comando: Chrame

Das 15:00 às 17:00

No comando: Unidos Pela Fé

Das 17:00 às 18:30

No comando: Programa Pé na Roça

Das 17:00 às 19:00

No comando: A Voz da Libertação

Das 20:00 às 20:30

No comando: FLASH BACK INTERNACIONAL

Das 20:30 às 21:00

No comando: Raridades

Das 22:00 às 23: 00

No comando: Romance

Das 23:00 às 00:00

MICRORREGIÃO DE ITAJUBÁ REGISTRA AUMENTO DE 15% NOS CASOS DE SÍFILIS

O DataSus realizou a atualização dos dados de doenças sexualmente transmissíveis no país. A microrregião de Itajubá registrou um aumento de 15% nos casos de infecções por Sífilis, como abordou hoje (12) o programa Revista da Manhã.

Além de Itajubá, a microrregião conta com as cidades de Piranguçu, Wenceslau Braz, Consolação, Virgínia e outras nove cidades. O aumento de 15% foi em apenas um ano, de 2017 a 2018. Nos seis primeiros meses de 2019, a sífilis já infectou 76 pessoas na região, a maioria homens.

Minas Gerais registrou mais de 7 mil casos de sífilis no primeiro semestre do ano passado. Nos últimos 10 anos, foram quase 54 mil casos registrados. A prevenção ainda é a melhor forma para combater as doenças sexualmente transmissíveis, com uso de preservativo. De acordo com o DataSUS, as unidades de saúde contam com testes rápidos ou laboratoriais para Sífilis.

Deixe seu comentário: