Pedido de Música

Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

EXPRESSO VALÔNIA DEMITE 32 FUNCIONÁRIOS EM ITAJUBÁ - Rádio Itajubá

EXPRESSO VALÔNIA DEMITE 32 FUNCIONÁRIOS EM ITAJUBÁ

A Expresso Valônia, responsável pelo transporte coletivo em Itajubá, começou a demitir funcionários no começo de fevereiro. De acordo com o Sindicato de Transportes Rodoviários de Passageiros do Sul de Minas, 32 trabalhadores foram dispensados.
Em dezembro de 2020, após o período de auxílio do Governo Federal às empresas por conta da pandemia de covid-19, a empresa se negou a pagar metade dos salários. Para resolver a situação, o sindicato acionou a justiça e na próxima terça-feira (23) haverá uma audiência entre sindicato e a Valônia.
A prestação do serviço da Valônia em Itajubá tem sido motivo de cobrança por parte dos vereadores na Câmara Municipal de Itajubá. Na sessão ordinária desta segunda-feira (22), os parlamentares irão votar o requerimento da vereadora Andressa Daiany (PT), que pede do prefeito Christian Gonçalves (DEM) explicações sobre a empresa.
A Expresso Valônia tem sido alvo de reclamações pela pouca quantidade de veículos em circulação e de itinerários para passageiros. A empresa alega problemas financeiros para manter sua atuação na cidade.
O novo requerimento reafirma a exigência de que sejam divulgados os detalhes sobre o contrato entre a Expresso Valônia e a prefeitura, que foi renovado pelo ex-prefeito Rodrigo Riera (MDB) por mais 15 anos. Para valer, o requerimento precisa ser aprovado pela maioria dos vereadores em uma única votação.
De acordo com o Sindicato, novos processos poderão ser feitos contra a empresa. O órgão é contra o acúmulo de função dos motoristas, que estão assumindo a função de cobradores em diversas linhas.
A Rádio Itajubá tentou contato com a empresa para saber seu posicionamento sobre as demissões e a retomada das linhas. Não tivemos retorno até a publicação desta matéria.

Deixe seu comentário:

© Direitos reservados - Rádio Itajubá