Pedido de Música

Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

COVID-19: EM MEIO À POLÊMICA, ACADEMIAS CONTINUAM FECHADAS EM ITAJUBÁ - Rádio Itajubá

COVID-19: EM MEIO À POLÊMICA, ACADEMIAS CONTINUAM FECHADAS EM ITAJUBÁ

O prefeito Christian Gonçalves (DEM) e o vice-prefeito Nilo Baracho (Republicanos) afirmaram que as academias continuam fechadas em Itajubá. A medida tem causado polêmica na cidade após a lei, que torna serviços destinados à atividade física essenciais mesmo durante a pandemia de covid-19, ter sido sancionada nesta segunda-feira (7).
Na semana passada, o governo de Minas Gerais decretou que academias, clubes e salões de beleza devam fechar as portas nas cidades onde há Onda Vermelha. Antes, essa regra valia apenas para cidades na Onda Roxa, considerada a mais restritiva do programa. Além disso, restaurantes e bares só podem funcionar com consumo no local até à 19h.
“O programa Minas Consciente não trata se aquela área de atuação é essencial ou não. Ela impôs que aquelas áreas sejam fechadas. O que o programa Minas Consciente fala é do que pode ser aberto ou não, e não do que é essencial e do que não é essencial”, disse o prefeito em entrevista.
Sobre a possibilidade ou não de cumprir o Minas Consciente, o vice-prefeito e secretário de Saúde, Nilo Baracho, explicou na mesma entrevista que as cidades não podem afrouxar medidas, apenas intensificá-las. “Está escrito sim, autonomia. Mas autonomia, no sentido que o prefeito tem de apertar mais uma determinada onda. Diminuir, afrouxar uma onda, não é permitido”, explicou.
O presidente da Câmara Municipal, Robson Vaz (PSDB), cobrava da prefeitura a liberação da lei, que não havia sido sancionada pelo prefeito. Pois os empresários do setor poderiam abrir suas academias, mesmo com as normas do estado. Em suas redes sociais, o vereador atribuiu a decisão da prefeitura, de proibir o funcionamento de academias, como equivocada.
Vaz é o autor do Projeto de Lei aprovado pela Câmara no dia 24 de maio. Na sessão ordinária desta segunda-feira (7), Robson questionou a adesão da cidade às medidas mais restritivas, pela falta da publicação das mudanças no Diário Oficial do município.
Outro setor insatisfeito com as novas restrições são os de profissionais da beleza. Empresários da área fizeram uma manifestação em frente à prefeitura nesta segunda (7).
Após uma reunião com o prefeito, os representantes de salões de beleza não conseguiram uma solução. Para eles, foi apenas informado de que a decisão cabe ao governo do estado.
Na manhã desta terça-feira (8),  a prefeitura anunciou que seguirá as regras do Programa Minas Consciente e esses segmentos continuam fechados na cidade.

Deixe seu comentário:

© Direitos reservados - Rádio Itajubá