Pedido de Música

Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Câmara aprova n empréstimo de 3,5 milhões para infraestrutura de Parque Científico Tecnológico - Rádio Itajubá

Câmara aprova n empréstimo de 3,5 milhões para infraestrutura de Parque Científico Tecnológico

A Câmara Municipal de Itajubá votou, em segundo turno, na sessão extraordinária desta quinta-feira (13) às 15h em regime de urgência, o Projeto de Lei de autoria do prefeito Christian Gonçalves (PP) que solicita empréstimo de três milhões e meio de reais junto ao Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG).
É o terceiro empréstimo aprovado em Itajubá para esse fim. Os recursos solicitados agora pelo projeto de Lei nº 4651/2022 seriam para infraestrutura e drenagem. O Parque Científico e Tecnológico de Itajubá (PCTI), fica perto do centro administrativo e nele também ficará o novo Laboratório Nacional de Astrofísica (LNA) e demais empresas do campo científico.
Votaram a favor os vereadores Chiquinho do Euzébio (PTB), Kener Maia (PR), Marcelo Krauss (Progressistas), Markinhu Meireles (PSD), Rafael Rodrigues (DEM), Enfermeira Rita (Republicanos), Sebastião Silvestre (MDB) e Sílvio Vieira (PV). Votou contra o vereador Pedro Gama (PV), por ser presidente da Câmara, Robson Vaz (PSDB), não vota, e Andressa do Mandato Coletivo Nossa Voz (PT) não pode comparecer à reunião.
O novo líder do prefeito na Câmara, vereador Rafael Rodrigues, na justificativa afirmou que o empréstimo irá gerar empregos e amplificar o desenvolvimento municipal. Ele disse que a urgência da aprovação foi necessária por conta do prazo, que seria esta segunda-feira (18) para que o banco disponibilizasse o dinheiro.
O único vereador que votou contra, Pedro Gama, afirmou que empréstimos como estes deveriam ter sido verificados com mais calma e tempo e que votou favorável aos outros dois pela credibilidade e pela importância do tema. Porém, em um terceiro não se sente confortável.
“Eu particularmente não me sinto confortável em abrir essa nova exceção na operação de crédito.No ano passado não havia sido mencionado outros empréstimos para infraestrutura. E o primeiro empréstimo nem começou a ser executado. É um assunto delicado para ser deliberado de forma tão rápida, por isso o voto contrário”, afirmou.
O primeiro empréstimo, no valor de R$ 1 milhão, seria para ampliação de iluminação pública com LED. O segundo empréstimo, no valor de R$ 2 milhões, será destinado para a infraestrutura do Parque Científico e Tecnológico como calçadas, ciclovias, praças, sinalização, rede pluvial, iluminação pública e criação de pontos de ônibus. Todos foram feitos pelo BDMG.

Deixe seu comentário:

© Direitos reservados - Rádio Itajubá